quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Comunicado importante

A Casa do Boneco de Itacaré, contemplado no Edital de Pequenos projetos da SEPROMI, Secretaria de Promoção da Igualdade, referente à ultima selação para projetos do Mês da Consciencia negra, enfrenta sérias dificuldades por que a SEPROMI não efetuou os pagamentos dos projetos e até a presente data, não consegue ao menos dar uma previsão.

Em função desse desrespeito com a comunidade afro, a Programação Osù Dudú anteriormente divulgada encontra-se comprometida, por ausencia de recurso financeiro suficiente.

Pedimos desculpas aos parceiros e a todos e todas que já estavam se inscrevendo nos eventos...

Até a próxima semana, a Casa do Boneco estará divulgando sua nova programação.

A Direção

O Novembro Negro do Terreiro de Matamba!!!

II Encontro Nacional da Rede Mocambos

A Casa do Boneco, núcleo de formação da rede mocambos, se prepara para o II Encontro Nacional da Rede Mocambos...


E o que é Mocambo?

O nome Mocambos remete à cultura de resistência dos quilombos e evidencia nosso objetivo fundamental de contribuir para a efetivação de políticas públicas para a reparação da dívida histórica das sociedades que participaram da economia escravista para com os afrodescendentes.

O Projeto Mocambos surge da necessidade da troca de informação e experiências, assim com intercambio cultural, politico e economico, tecendo essa possibilidade através da construção de uma rede de comunicação e solidariedade.

Para isso estamos construindo uma idéia de como multiplicar os conhecimentos apropriados no uso dessas novas tecnologias, oferecidas pelo computador e internet.

Um modelo pensado é através de Oficinas de replicação. Essas oficinas inicialmente acontece num ponto que será o núcleo de referência da rede no estado ou na região. É no núcleo que iremos investir, pois ali será o primeiro ponto de encontro de grupos da rede para as oficinas.

A importância do núcleo é de que as pessoas que estarão amanhã se falando virtualmente tenha oportunidade de conhecer pessoalmente e para que ai trabalhamos a idéia da tecnologia não isolada da realidade.

Uma que domina as tecnologias da informação e comunicação e outra que esta se organizando para dominar.

Além das oficinas é legal ter nos espaços encontros práticos e expositivos, mostra de vídeos, leitura de textos, rodas de debate, integração com grupos de produção livre, avaliações qualitativas, ir a campo para realizar captação de material bruto nas comunidades, e separar assuntos a serem estudados e abortados nas atividades diarias.

Isso porque não se resume somente a transferência e apropriação da tecnologia, mas sim a construção de um projeto popular para comunidade negra e periférica entender o funcionamento da sociedade e suas armadilhas, isso sim é importante.

Importante pois que pessoas do local onde ocorra as oficinas também participem destes debates.

Para @ oficineir@ é importante uma organização de um mês aos menos pra segurar a ponta de trocar estes conhecimentos com o maxímo de qualidade.

A Rede Mocambos quer trocar porque é construção de pessoas.



Confira a programação:

24 de novembro de 2009

  • Chegada dos Mocambolas ao longo do dia
  • 20h: Oloró de Abertura

25 de novembro de 2009

  • 9h30-12h30: Grupo de Trabalho ILAJÚ

Nesse grupo temático vamos trabalhar os seguintes eixos temáticos:

* Identidade Quilombola: o conceito no tempo e espaço
* Territoralidade
* Economia colaborativa - sustentabilidade financeira
  • 12h30-14h: IPANU (almoço)
  • 14h-16h: Grupo de Trabalho ILAJÚ (Cultura)
  • 16h-16h30: Café da Tarde
  • 16h30-19h30: Roda de Conversa ILAJÚ

-Convidados: Alfredo Wagner (antropólogo/ Projeto Nova Cartografia Social - uma delas em Conceição das Crioulas) Holf Hackbart (Presidente do INCRA para falar do trabalho de regularização fundiária/ Instrução Normativa 49, de 29 de setembro de 2008) Zulu Araújo (Presidente da Fundação Cultural Palmares/ falando do processo de certidões de atoreconheciment~/ estatuto da igualdade social)

  • 19h30: Onje-Alé (jantar)

26 de novembro de 2009

  • 9h30-12h30: Grupo de Trabalho EKÓ (Educação)

Nesse grupo temático vamos trabalhar os seguintes eixos temáticos:

* Educação Diferenciada
* Religiosidade Africana
* Saberes Ancestrais
* Estrutura Partidária de Organização
  • 12h30-14h: IPANU (almoço)
  • 14h-16h: Grupo de Trabalho EKÓ
  • 16h-16h30: Café da Tarde
  • 16h30-19h30: Roda de Conversa EKÓ

- Convidados:


  • 19h30: Onje-Alé (jantar)

27 de novembro de 2009

  • 9h30-12h30: Grupo de Trabalho Núcleo de Formação Continuada

Nesse grupo temático vamos trabalhar os seguintes eixos temáticos:

* Comunicação
* Políticas Públicas
* Campanha Nacional Contra o Genocídio da Juventude Negra
* Saúde da População Negra


  • 12h30-14h: IPANU (almoço)
  • 14h-16h: Grupo de Trabalho Núcleo de Formação Continuada
  • 16h-16h30: Café da Tarde
  • 16h30-19h30: Roda de Conversa Núcleo de Formação Continuada

-Convidados:

  • 19h30: Onje-Alé (jantar)

28 de novembro de 2009

  • 9h30-12h30: Planária Final do IIENRM
  • 12h30-14h: IPANU (almoço)
  • A partir das 16h: Comemoração dos "20 ANOS DA CASA DE CULTURA TAINÃ"

29 de novembro de 2009

  • Retorno dos mocambolas para seus Mocambos.

Conselho Quilombola de Itacaré é fundado publicamente em grande comemoração afro


Com a articulação de lideranças afro do município, trabalho que tem sido potencializado com o desenvolvimento de projetos pelo Núcleo de Políticas Públicas do Instituto Floresta Viva, o evento de fundação pública do Conselho Quilombola de Itacaré, no último dia 24 de outubro, foi um momento importante de reafirmação afro quilombola, de repensarmos nossa história, seus atores e que futuro quremos para nossas gerações...

Emocionante, um encontro de pretos e pretas de todos os lugares desse município, o evento deixou uma mensagem: a população negra se levanta para a luta!!!!

Mais informações:

www.florestaquilombola.blogspot.com
conselhoquilomboladeitacare@gmail.com