quinta-feira, 20 de novembro de 2008

II Marcha Zumbi Vive - assista o vídeo!


video

II Marcha Zumbi Vive em Itacaré

Em seu segundo ano, a Marcha Zumbi Vive toma as ruas de Itacaré, integrando grupos, associações, escola e comunidade em celebração à população negra: sua luta, seus mártires, personalidades, belezas, sua história enfim... A marcha também é uma voz de protesto, de desabafo contra o racismo, a opressão e a uma história onde os nossos direitos foram roubados e continuam sendo usupardos...



"A data representa muito mais do que a decretação oficial como o Dia Nacional da Consciência Negra. É certo também que foi instituída para lembrar a luta de Zumbi dos Palmares, o maior líder da resistência negra no Brasil. A importância da data é o registro na história da resistência negra ao escravismo, à falta de liberdade, à falta de cidadania. Porém, mais do que isso, é um dia para celebrar todos aqueles brasileiros que lutam por um Brasil justo e fraterno e que acreditam e têm consciência do papel histórico que os afro-descendentes desempenharam na formação da nação brasileira." (Fundação Cultural Palmares)




Sobre a origem da data, o fotógrafo Januário Garcia dá seu depoimento:
"Quando a ONU instituiu, em 1971, o Ano Internacional para Ações de Combate ao Racismo e à Discriminação Racial, no dia 20 de novembro daquele ano foi realizada a primeira manifestação alusiva a Zumbi dos Palmares, organizada pelo Grupo Palmares de Porto Alegre. A escolha dessa data foi do grande poeta e militante negro do Rio Grande do Sul, Oliveira Silveira. No Rio de Janeiro, na sede do Instituto de Pesquisas das Culturas Negras (IPCN) havia um quadro verde preso à parede, no salão principal da entidade, onde eram realizadas as reuniões, assembléias e aulas. O quadro era verde porque os ânimos da época eram radicais, ninguém queria um quadro negro naquele salão. Em novembro de 1974, algum membro da diretoria do IPCN escreveu a seguinte frase no quadro para os associados se ligarem: 20 DE NOVEMBRO HOMENAGEM A ZUMBI; a frase ficou estampada no quadro e uma noite, olhando aquela frase estampada, o companheiro Paulo Roberto do Santos, muito respeitado no Movimento Negro, escreveu debaixo dela: DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA. Oliveira Silveira e Paulo Roberto dos Santos construíram o dia considerado o mais importante para a luta negra no Brasil, 20 DE NOVEMBRO - DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA." (Fundação Cultural Palmares)




Agradecemos ao Grupo Raízes de Taboquinhas, à Associação de Voley de Itacaré, à Professora de Dança Roberta e suas alunas, Ao Clube da Melhor Idade Alegria de Viver, Ao Grupo de Capoeira Luanda, Ao Colégio Estadual Aurelino Leal, Nosso Amigo de sempre Luizão Quadros, Marciel Variedades, Clodoaldo, Marcos Figura, Almiro, Padaria do Marimbondo, Andrinho, Bop, Juscely ,Tony taxista e todos e todas da comunidade itacareense que nos acompanharam, aplaudiram, apoiaram, entoando nosso canto e nossa voz!



Vou tocar fogo na senzala
aonde o negro apanhou
o negro canta deita e rola
na senzala do senhor
o negro hoje quer escola
quer estudar pra ser doutor

canta aí negro nagô
dança aí negro nagô




Meu Coração
é a liberdade




Até a próxima marcha!
Mas a nossa luta... é todo dia, é a vida diária!